Atividades para o DIA DO TRABALHO

5 comentários :

Dia do Trabalho 



Projeto: Atividade: Imitando as profissões


• Em roda de conversa utilizar a mímica para cantar a canção ou ler os versos. Vão-se mudando o nome das profissões e fazendo gestos enquanto cantam.
• Comentar sobre cada personagem das canções, apresentando o nome da profissão. Fazer um levantamento do conhecimento prévio dos alunos, perguntando: O que ele faz? Em que lugar trabalha? O que utiliza em seu trabalho? Listar os nomes das profissões no quadro.
• Pedir aos alunos que façam um desenho sobre a profissão de que mais gostam.
VAMOS CANTAR:
Passa, passa gavião
Todo mundo é bom!
A costureira faz assim
A costureira faz assim,
Assim, assim, assim, assim!
Passa, passa gavião
Todo mundo é bom!
O motorista faz assim
O motorista faz assim,
Assim, assim, assim, assim!
Passa, passa gavião
Todo mundo é bom!
A professora faz assim
A professora faz assim,
Assim, assim, assim, assim! (médico/piloto/dentista/etc.)
• Em roda de conversa perguntar aos alunos qual a profissão de seus pais. Escreva no quadro, com letra de imprensa maiúscula.
• Comentar com a turma sobre cada profissional: O que ele faz? Em que lugar trabalha? O que utiliza em seu trabalho? Perguntar que outras profissões eles conhecem e explicar como cada uma delas contribui para a vida em sociedade. Trabalhar o sentido de utilidade das profissões e satisfação pessoal no trabalho, como valor.
• Elaborar com os alunos o Livro das Profissões para que possam registrar por meio de desenhos ou palavras, as profissões de seus pais, aquelas de que mais gostam e as demais, com seus objetos e ferramentas principais. Se for preciso, o professor pode atuar como escriba dos alunos.
Livro das profissões
•Sentados em roda, motivar os alunos para a brincadeira. A professora diz: "Estou pensando em alguém que faz pão". Os alunos tentam adivinhar e dizer o nome da profissão. Quando alguém acertar, a professora deve escrever na lousa/quadro o nome da profissão, em letra de imprensa maiúscula.
O jogo continua, com o aluno seguinte, na roda.
Sugestões:
Apaga o fogo; vende jornal; trabalha na feira; pinta casas; conserta sapatos; cuida dos doentes;
Faz comida; ensina crianças etc.
TEXTO INFORMATIVO :
O Dia do Trabalho é comemorado em quase todo o mundo. No dia 1º de maio, os trabalhadores e seus representantes se reúnem para comemorar a data escolhida para lembrar a prisão, morte e violência com que a polícia atacou centenas de trabalhadores na cidade de Chicago, Estados Unidos em 1º de maio de 1886.
SUGESTÃO: Discuta a questão do trabalho infantil com seus alunos.
· Pergunte aos alunos se eles conhecem alguma criança que trabalha. Se ela estuda também ou só trabalha.
· Questione-os a respeito do que acham ser o correto: trabalhar ou estudar?
Trabalho Infantil _ TEXTO INFORMATIVO
A Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente proíbem o trabalho infantil no Brasil. Mas, mesmo assim, no País existem 2,9 milhões de crianças trabalhando.
Existem no mundo em torno de 250 milhões de crianças entre 5 e 14 anos que trabalham, segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT).
No Brasil, a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbem o trabalho infantil. Mas, infelizmente, existem 2,9 milhões de crianças de 5 a 14 anos de idade empregados em lavouras, carvoarias, olarias, pedreiras, mercado informal e atividades domésticas. As meninas representam um terço deste número. E mais de 50% desses menores não recebem nenhum tipo de remuneração.
Informações produzidas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 1999 (PNAD) revelam que a mão-de-obra infantil está mais concentrada em pequenos empreendimentos familiares, especialmente no setor agrícola. Em 1999, a atividade agrícola detinha 80,4% das crianças ocupadas de 5 a 9 anos de idade e 63,2% das ocupadas de 10 a 14 anos de idade.
De 1995 para 1999, de acordo com a pesquisa, a proporção de crianças ocupadas no contingente de 5 a 14 anos de idade passou de 14,5% para 11,8% entre os meninos e de 7,8% para 6,0% entre as meninas.

Fonte: PNAD / Ministério do Trabalho

Mensagem e Texto de Pascoa

Nenhum comentário :
Mensagem de Páscoa



Páscoa significa renascimento, renascer.
Desejo que neste dia, em que nós cristãos,
comemoramos o seu renascimento para a vida eterna,
possamos renascer também em nossos corações.
Que neste momento tão especial de reflexão
possamos lembrar daqueles que estão aflitos e sem esperanças.
Possamos fazer uma prece por aqueles que já não o fazem mais,
porque perderam a fé em um novo recomeçar,
pois esqueceram que a vida é um eterno ressurgir.
Não nos deixe esquecer
que mesmo nos momentos mais difíceis do nosso caminho,
tú estás conosco em nossos corações,
porque mesmo que já tenhamos esquecido de ti,
você jamais o faz.
Pois, padeceste o martírio da cruz em nome do Pai
e pela humanidade,
que muitas e muitas vezes esquece disso.
Esquecem de ti e do teu sacrificio
Quando agridem seu irmão,
Quando ignoram aqueles que passam fome,
Quando ignoram os que sofrem a dor da perda e da separação,
Quando usam a força do poder para dominar e maltratar o próximo,
Quando não lembram que uma palavra de carinho, um sorriso,
um afago, um gesto podem fazer o mundo melhor.
Jesus...
Conceda-me a graça de ser menos egoísta,
e mais solidário para com aqueles que precisam.
Que jamais esqueça de ti e de que sempre estarás comigo
não importa quão difícil seja meu caminhar.
Obrigado Senhor,
Pelo muito que tenho e pelo pouco que possa vir a ter.
Por minha vida e por minha alma imortal.
Obrigado Senhor!
Créditos:
Arte e Criação
By Drica Morena
Kit Scraping:
Kmill Easter Kit
Tube: Gorjus
Suzana Wolcott
Abril / 2011

Teatro de Pascoa

Nenhum comentário :
A ÚLTIMA PÁSCOA

Representação da PÁSCOA cristã, um script rico em detalhes, que cita até o
material a ser usado.*

*Personagens JESÚS
PEDRO
JUDAS
TOMÉ
BARRABÁS
MULHER 1
MULHER 2
GUARDA 1
GUARDA 2
IMPERADOR
LADRÃO DA DIREITA
LADRÃO DA ESQUERDA
NARRADOR

*»**CENÁRIO**: »**MATERIAL*: Uma Forca Uma Roupa de Batismo Um Chicote Uma
Capa (*Pode ser Vermelha*) Uma Lanterna Roupas para o Imperador Três "Cruz"
(*Grande*) Roupas para os Guardas Uma Coroa (*Espinho*) Um Vidro de Ketchup Um
Cajado (*cana seca*) *MÚSICAS:* Uma Extensão (*Grande*). Um Som (*Galo e
Trovão*) -"Foi tão Triste" -Uma Canetinha (*Preta e Vermelha)* -"Glória,
Glória Aleluia" Uma Vara com esponja, e um Balde-"Jesus ia Subindo o Monte" Um
Martelo e uma Madeira (*Pequena*) Uma Placa (*Pequena:"Rei dos Judeus*") *
NARRADOR*: Buscai ao Senhor enquanto se pode achar; invocai-o enquanto está
perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e
se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus,
porque grandioso é um perdoar. Porque os meus pensamentos não são os vossos
pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.
*Cena 1*. »NARRADOR: "Voz do que clama no deserto. Preparai o caminho do
Senhor, endireitai as suas veredas".
(*Entra Jesus*) ****Acende o holofote****
»*JESUS:* Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos
aliviarei. Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim, que sou manso e
humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o
meu julgo é suave e o meu fardo é leve.
***Apaga o holofote***
****Acende o holofote****
»*NARRADOR*: E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e abençoando-o, o partiu,
e o deu aos discípulos, e disse:
"-TOMAI, COMEI, ISTO É O MEU CORPO".
-E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo:
"-BEBEI DELE TODOS; PORQUE ISTO É O MEU SANGUE, O SANGUE DO NOVO TESTAMENTO,
QUE É DERRAMADO POR MUITOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS".
***Apaga o holofote***
»*NARRADOR*: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o
espírito está pronto, mas a carne é fraca.
***Acende a lanterna***
*(Aparece Jesus ajoelhado em cena)*
»*JESÙS:* "Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber,
faça-se a sua vontade".
***Apaga a lanterna***
Cena 2.
***Acende o holofote***
*(Aparece Jesus em cena, sozinho, entra Judas Iscariotes e os guardas,
dizendo:)*
»*JUDAS*: Eu te saúdo, Rabi.* (e beija-o)*
*-01-*
»*JESÙS:* Amigo à que vieste? –Todos tentam me prender como um salteador,
com espadas e varas-pau. Todos os dias assentava junto de vós no templo à
lhes ensinar, e não me prendestes. *(Os guardas prendem a Jesus, e o tiram
de cena).*
»*NARRADOR:* Mas tudo isso aconteceu para que se cumpram as escrituras do
profeta. Então seus discípulos os deixou e fugiram.
Cena 3. *(Pedro)*
*(Entra Pedro todo assustado, como se estivesse à se esconder)*
»*MULHER*: Tu também estavas com Jesus, o galileu.
»*PEDRO*: Não sei o que dizes.
»*MULHER*: Este também estava com Jesus, o nazareno.
»*PEDRO*: *(jurando)* Não conheço tal homem.
»*MULHER/NARRADOR*: Verdadeiramente também tu és deles, pois a tua fala te
denuncia.
»*PEDRO**: (praguejando e jurando) *Não conheço esse homem.
****O galo canta****
*(Pedro sai de cena chorando amargamente)*
»*PEDRO:* Oh! Meu Senhor.
****Apaga o holofote****
Cena 4. *(Judas)*
****Acende o holofote****
*(Coloca-se o Judas em posição, assim que Pedro sair de cena, em cima de um
banco, com uma corda em seu pescoço, se enforcando).*
*(Aparece Judas pendurado e enforcado, durante "DEZ" segundos)*
-02-
*Cena 5.*
***Acende o holofote***
****Música: 10 do CD "Adoração Pentecostal"****
»*IMPERADOR*: Qual quereis que vos solte? Barrabás, o homicida, ou a Jesus,
chamado Cristo?
»*TODOS*: Barrabás, Barrabás, Barrabás.
»*IMPERADOR:* Que quereis pois que faça daquele a que m chamais de Rei dos
Judeus?
»*TODOS*: Crucifica-o, Crucifica-o.
»IMPERADOR:Então, lavo as minhas mãos. Estou inocente do sangue deste
justo:Considerai isto. LIBERTE-O!
»*TODOS*: Que seu sangue caia sobre nós, e sobre nossos filhos.
*(Sai Barrabás, todo sujo, por detrás de todos, assustado e feliz, sai logo
de cena)*
****LÊ-SE A SENTENÇA****
*(Os guardas prendem Jesus, rasgando suas vestes e lhe puseram uma capa de
cor de escarlata. E lhe puseram uma coroa de espinho e um cajado em sua mão
direita, e diziam:)*
»*GUARDAS*: Salve, Rei dos Judeus.
*(Os guardas lhe cuspem, fingindo, pegam o cajado e batem em sua cabeça
(Jesus, estoura um saquinho de ketchup em sua cabeça, na terceira pancada.
Depois de zombarem muito, lhe tiram a capa e o empurram para fora de cena,
dando chicotadas nele)*
***Apaga o holofote***
Cena 6. *A Crucificação*
*(Os ladrões se posicionam com suas cruzes em cena, já maquiados).*
*(Começa a cantar o hino: "Jesus ia subindo o monte")*
***Acende o holofote***
*(Entra Jesus, subindo a rampa, todo sujo de "sangue" e semi-nu, carregando
uma cruz (Ele deve cair, na entrada da cena, e no meio da cena, depois se
levante e fica olhando para a Igreja, as mulheres entram chorando ao seu
lado. Para no meio da cena, e olha para a igreja)*
***Apaga o holofote***
-03-
*(Começa a tocar só a introdução do hino: "Foi tão triste")*
*(Os guardas colocam a cruz de Jesus no chão, depois colocam Jesus sobre
ela. Um dos guardas fica dando marteladas na cruz, enquanto o outro fica
maquiando Jesus, com ketchup. Depois colocam Jesus em pé no meio dos
ladrões, já crucificado).*
***Acende a lanterna***
*(Começa a cantar o hino: "Foi tão triste", bem lento só as estrofes, quando
terminar as estrofes, Jesus diz:)*
***Acende o holofote***
»*Jesus:* "PAI, PERDOA-LHES, PORQUE NÃO SABEM O QUE FAZEM".
*(Os guardas lhe davam bebidas numa vara com esponjas, mais ele sempre
rejeitava. Os guardas rasgando seus vestidos, e dividiam entre eles)*
»*NARRADOR*: Cumpriu-se o que foi dito pelo profeta, que: -"Repartiram entre
si os meus vestidos, e sobre a minha túnica, lançaram sortes".
»*GUARDAS*: Se tu és o Rei dos Judeus, salva-te a ti mesmo.
*(Os guardas colocam uma placa acima da cabeça de Jesus, com os dizeres: (só
as iniciais, INRI).*
»*LADRÃO À ESQUERDA*: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
»*LADRÃO À DIREITA:* Tu nem ainda teme à Deus estando na mesma condenação?
Nós merecemos estarmos aqui, mas este, nenhum mal fez. Olha para Jesus e
diz: - Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
»*Jesus*: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.
****APAGAM-SE AS LUZES****
*(Alguém coloca uma lanterna na fronte de Jesus)*
»*Jesus*: ELÍ, ELÍ, LAMÁ SABACTAMÍ *(DEUS MEU, DEUS MEU, PORQUE ME
DESAMPARASTE?)*
*(Um dos guardas coloca esponja em sua boca, o outro diz:)*
»*GUARDA*: Deixa, vejamos se Elias vem salvá-lo.
»*Jesus*: PAI, NAS TUAS MÃOS ENTREGO O MEU ESPÍRITO, e expira.
*(Ouve-se barulho de trovão, todos fingem que o chão está tremendo e caem
logo em seguida)*
»*SACERDOTE*: Verdadeiramente este era filho de Deus. *(Todos saem de cena
correndo de medo)*
***Apaga o holofote***
-04- Cena 7. *A Ressurreição*
***Abre as cortinas***
*(Entra Maria Madalena, e a outra Maria, indo ao sepulcro. Elas ouvem um
estrondo, os guardas saem correndo, e elas ajoelham-se)*
»*NARRADOR*: Não tenhais medo; pois eu sei que buscai a Jesus, que foi
crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou, dizei isto aos seus
discípulos.
*(Quando já iam se retirando, canta-se o coro do hino: "Foi tão triste",
entra Jesus ressuscitado e encontra-se com elas)*
»Jesus: Eu vos saúdo.
*(Elas abraçam seus pés, e o adoram)*
****Fecha as cortinas****
*(As mulheres saem)*
****Abre as cortinas****
*(Jesus aparece e diz para a igreja:)*
»*Jesus*: Paz seja convosco. –Por que estais perturbados, e por que sobem
tais pensamentos aos vossos corações? Vede as minhas mãos e os meus pés, que
sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne e nem ossos,
como vedes que eu tenho.
*(Neste momento vai ter um Tomé, sentado na primeira cadeira da igreja, e
vai querer apertar as mãos de Jesus)*
»*Jesus*: Porque me viste, Tomé, creste, bem aventurado os que não viram e
creram.
***Fecha as cortinas***
***LOUVOR: "Glória, Glória Aleluia", bem baixinho, quando Jesus termina de
falar aumenta***
****Abre as cortinas****
»*Jesus*: É me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, ensinai a
todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho e do Espírito
Santo; e quem crer e for batizado, será salvo. Todas as coisas que eu vos
tenho mandado, ensinai; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a
consumação dos séculos. Amém.
***LOUVOR: Aumenta o volume do hino, "Glória, Glória Aleluia".***
*FIM.*

Significado da pascoa

2 comentários :
A festa da ressurreição

Conheça o significado da Páscoa, 
a maior festa do calendário cristão



Por que o coelho é o animal que simboliza a Páscoa?

páscoa, coelho da páscoa
Imagine que, na Páscoa, você recebeu em sua casa convidados muito especiais: habitantes de um planeta distante. Eles nunca tinham visto ovos de chocolate embrulhados em papéis coloridos, tampouco conheciam a figura do coelho da Páscoa. Encantados, os visitantes resolveram levar a comemoração para o seu planeta e o convidaram para ver o resultado.

Quando você desceu da nave espacial, levou um susto. Os ETs não trocavam ovos de páscoa, mas jiló de Páscoa. E o símbolo da festa era uma girafa! Então, você disse que estava tudo errado! Intrigados, os extraterrestres começaram a perguntar: por que o símbolo da Páscoa é o coelho? Por que os terráqueos trocam ovos? Qual o problema com a girafa? Se você não tem uma resposta na ponta da língua, não se preocupe. Agora você vai ficar sabendo tudo sobre essa festa.

A palavra Páscoa vem do hebraico Pessach, que significa ressurreição, vida nova. Os antigos hebreus foram os primeiros a comemorar a Páscoa, que possui diversos significados. Em termos históricos, ela celebra a libertação dos hebreus da escravidão no Egito e a passagem através do Mar Vermelho. Livres, eles passaram a formar um povo com uma religião e um destino comuns. É com o sentido de libertação que, até hoje, os judeus celebram esta festa.

Os cristãos também comemoram a Páscoa. No entanto, o significado da festividade é diferente no cristianismo. Nela, celebra-se a ressurreição de Jesus Cristo que, segundo a bíblia, teria ocorrido três dias depois da sua crucificação. Ela é a principal festa do ano litúrgico cristão e, provavelmente, uma das mais antigas, pois surgiu nos primeiros anos do cristianismo. Ainda que todos os domingos do ano sejam destinados pelas igrejas cristãs de todo o mundo à celebração da ressurreição de Cristo (o que é feito por meio da eucaristia), no domingo de Páscoa, esse acontecimento ganha destaque, já que se festeja uma espécie de aniversário da ressurreição.

A Páscoa é uma data móvel, que acontece anualmente entre 22 de março e 25 de abril. Como no Hemisfério Norte esse período coincide com a chegada da primavera, o Pessach também é a festa do início da colheita dos cereais e da chegada da nova estação . Ela é comemorada no primeiro domingo após a lua cheia do equinócio de março. O equinócio é o ponto da órbita da Terra em que se registra uma igual duração do dia e da noite.

Mas há um modo mais fácil de saber quando é o domingo de Páscoa. Basta contar 46 dias a partir da quarta-feira de cinzas. A Páscoa cristã é antecedida pela Quaresma, período que dura 40 dias entre a quarta-feira de cinzas e o domingo de Ramos, que acontece uma semana antes da Páscoa. Os católicos destinam a Quaresma para fazer penitência, como o jejum, com o objetivo de libertar as pessoas dos pecados.





Os símbolos da Páscoa





Por que existe a tradição dos ovos de chocolate e do coelho?




Os ovos tornaram-se símbolo oficial da Páscoa no século 18
. Agora que você já conhece o significado da Páscoa para cristãos e judeus, deve estar imaginando qual é o papel dos ovos de chocolate e do coelho da Páscoa na celebração e porque eles se tornaram símbolos da festa. Ambos foram trazidos de antigos rituais pagãos de fertilidade da primavera, que aconteciam na Europa e no Oriente Médio e eram relacionados com a ressurreição.

O coelho da Páscoa representa a periodicidade humana e lunar, a fertilidade e o renascimento da vida. No Egito Antigo, a lebre era o símbolo da fertilidade. Na Europa, o coelho representa o renascimento da vida, pois, como já assinalamos, a Páscoa européia coincide com o início da primavera. É a época em que a neve derrete, a vida ressurge e os coelhos deixam suas tocas após a hibernação do inverno.

Na festa da primavera, os chineses costumavam presentear os amigos com ovos. Eles embrulhavam os ovos com cascas de cebola e os cozinhavam com beterraba. Quando retirados do fogo, apresentavam desenhos mosqueados na casca. Os egípcios também distribuíam ovos no início da nova estação. No início do cristianismo, presenteava-se com alimentos. A partir do século 18, a Igreja adotou o ovo oficialmente como símbolo da Páscoa. Assim, os ovos tornaram-se o símbolo da ressurreição e da nova vida. A explicação mais provável para o surgimento da troca de ovos de chocolate na Páscoa foi o início da produção em larga escala de chocolate pela indústria em 1828.

Como os primeiros cristãos celebravam a ressurreição de Jesus ao mesmo tempo em que os judeus comemoravam sua Páscoa, vários costumes e símbolos da festa judaica foram incorporados às tradições cristãs. O cordeiro (foto ao lado) é um exemplo. Presente na Páscoa dos judeus, ele simboliza para os cristãos o próprio Jesus Cristo, que foi crucificado para pagar os pecados dos homens.

Alguns costumes da Páscoa permanecem apenas no Oriente. Na Rússia, por exemplo, há cristãos que se cumprimentam no dia da Páscoa com a saudação: "Cristo ressuscitou"; e a resposta: "Ressuscitou realmente". Nos países ibéricos e em suas ex-colônias acontece a malhação do judas, hábito condenado pela Igreja Católica. As pessoas se reúnem no Sábado de Aleluia para linchar um boneco que simboliza Judas, apóstolo que traiu Jesus.


Símbolos da páscoa


Círio Pascal

É uma vela onde estão inscritas as letras gregas alfa e ômega, simbolizando que Cristo é princípio, fim e ao mesmo tempo luz.


Cordeiro

É um símbolo pascal na Europa Central e Oriental. Os cristãos costumam dizer que Jesus foi o cordeiro de Deus. Muitas pessoas servem esse animal como parte do banquete de Páscoa. Em muitas casas, um bolo em forma de cordeiro costuma decorar as mesas.


Cruz da Ressureição

É o símbolo da religião cristã, representando sofrimento e ressurreição, pois Jesus foi crucificado, mas voltou à vida.
Pão e Vinho
Simbolizam o corpo e o sangue de Jesus e são dados aos discípulos para celebrar a vida eterna.


Colomba ou pomba de páscoa

Existem várias lendas que contam a origem da colomba pascal. Uma delas diz que no norte da Itália, na Lombardia, o vilarejo de Pavia seria invadido pelo exército de Albuino, o rei dos Lonbargos. Um confeiteiro do local resolveu preparar um presente para o invasor. Criou um bolo diferente, preparado com ricos ingredientes e assado no formato da pomba da paz. Quando recebeu o presente, o invasor ficou encantado com o sabor do bolo e com a sensível idéia e decidiu poupar o vilarejo do ataque. Esse bolo em formato da pomba da paz simboliza a vinda do Espírito Santo. A Bíblia conta que quando João Batista estava batizando Jesus, o Espírito Santo apareceu na forma de uma pomba.


Coelho

O coelho era símbolo de fertilidade no antigo Egito. Como esse animal se reproduz rapidamente e gera muitos filhotes, representa a fecundidade e a reprodução constante da vida e também a Igreja, que também pode ter novos discípulos sempre.
Uma lenda conta que uma mulher pobre pintou ovos e colocou-os escondidos num ninho para presentear os filhos num domingo de Páscoa. Quando as crianças descobriram o ninho, um coelho passou e elas acreditaram que o animal trouxera o presente. 
O coelho como símbolo da Páscoa chegou ao Brasil pelos imigrantes alemães, entre 1913 e 1920. Na nossa tradição, o coelho esconde os ovos coloridos em ninhos para que as crianças possam procurá-los como presentes de Páscoa.








Feliz Páscoa

Irmã Anny Niess *

"Porque ELE vive, posso crer no amanhã. Porque ELE vive, temor não há. Mas eu bem sei, eu sei que a minha vida está nas mãos do meu Jesus que vivo está!"
Feliz Páscoa! De fato, temos toda razão em nos desejar mutuamente uma feliz Páscoa repleta de momentos alegres. Enquanto as crianças se divertem com ovinhos e coelhinhos de chocolate, nós, adultos, podemos apossar-nos dos "ovos espirituais" que Cristo nos providenciou com a sua ressurreição. Enquanto as crianças procuram seus tesouros em ninhos feitos pelas mãos dos pais, escutemos a Bíblia, o "ninho dos ovos espirituais", para descobrir as bênçãos geradas pelo acontecimento do terceiro dia depois da morte de Cristo. Estão todas elas ao nosso dispor. Basta recebê-las como talentos a serem administrados em nosso dia-a-dia.

Algumas delas são:

1. A convicção inabalável de crer no Deus vivo e único - A Sexta-Feira Santa, o dia mais escuro da história, foi substituída pelo dia mais radiante de todos os séculos, o Domingo da Páscoa. Na ressurreição, Jesus Cristo cumpriu as profecias do Velho Testamento. A sua vitória sobre a morte selou o seu poder de Filho de Deus sobre o mundo, o diabo, o inferno e a morte. Ao compreender algo da dimensão da ressurreição, começaremos a apreciar a grandeza da salvação, refletida em um estilo de vida monitorado por valores "do alto". Fará uma diferença positiva, onde quer que seja.

2. A extensão imensurável da Salvação - Pela sua morte na Cruz do Calvário, o Filho do Deus encarnado tornou-se o Cordeiro pascal, reconciliando a criatura com o Criador e abolindo a sentença de morte causada pela queda do homem. Pela sua ressurreição, Cristo selou a salvação e justificação da alma redimida, provendo uma caminhada divinamente abençoada. Já, pensou?

3. A alegria inefável de ser aceito por Deus como filhos, para seguirmos os seus caminhos e servi-lo como mordomos das Suas riquezas. Compensa unir-se à Família de Deus! Como filhos do dono do mundo descobriremos as verdadeiras fontes da felicidade incontaminada e independente de circunstâncias adversas! E por que recusar um tal "ovo espiritual"?

4. A tarefa intransmissível da evangelização do mundo. Foi logo nos primeiros encontros que o Ressurreto encarregou os seus discípulos de levar a mensagem do Evangelho "a todas as nações". É nossa honrosa responsabilidade passá-la às pessoas que cruzam o nosso caminho. O mundo anseia por uma vida reconciliada e transformada por Deus. Será que meu vizinho, meu colega de trabalho e até meu inimigo enxergam em mim e ouvem da minha boca o Evangelho do Cristo vivo?

5. A esperança imutável da vida eterna e da comunhão infindável com Cristo na glória - Junto com os redimidos pelo sangue vertido do Cordeiro e reunidos nos quatro cantos do mundo, cantaremos, ornados pela vestidura branca da salvação, eternos louvores ao Triúno Deus, ecoando, assim, a mensagem pascal: "Porque ELE vive..." E porque ELE vive, o nosso mundo tem salvação.
Jogos e Brincadeiras é um site de atividades para educação infantil. Site para professores e educadores, especializado em atividades escolares, que tem por objetivo transmitir informações de diversas matérias escolares para melhorar a qualidade de ensino de nossos leitores. Você encontrará informações sobre Brincadeiras em grupo, Brincadeiras Infantis, Tarefas para Educação Infantil, dinâmicas infantis, tarefas para imprimir, projetos escolares e plano de aula. Nossa vontade é que você participe ativamente deixando comentários ou entrando em contato. Lembre-se que o que você ensina hoje, será o fruto do nosso futuro! Se você é Professor e gosta deste site, deixe seu comentário sobre nosso site.